Vantagens do sistema integrado no varejo

10
 min de leitura

Quer saber como um sistema integrado de varejo pode potencializar os resultados do seu negócio? Descubra em nosso post!

Vantagens do sistema integrado no varejo

Gerenciar uma empresa implica em lidar com dados de diversos segmentos, como vendas, atendimento, marketing e TI. Cada um deles pode ajudar no desenvolvimento de insights e oportunidades de negócio. Mas, para isso, é necessário que todos os segmentos sejam analisados e trabalhados de forma conjunta, e não isolada. Ou seja: precisa existir um sistema integrado de varejo.

A partir da integração, é possível gerenciar o negócio com uma visão macro, o que eleva o potencial de gestão. Afinal, dessa forma, são reunidas e cruzadas informações essenciais para o andamento empresarial, de modo que todos os setores conversam entre si, e os dados ficam centralizados, ao invés de dispersos.

Quer entender mais sobre esse tema tão relevante para o e-commerce e outras modalidades? Continue a leitura!

O que é a integração de sistemas?

A integração de sistemas consiste na união de diversos softwares da empresa em apenas um, por meio de plataformas. Ou seja: o seu varejo não tem um software para cada tarefa executada, como gestão de estoque, atendimento ao cliente, pagamento etc. Em vez disso, todas essas operações, bem como os dados que provêm delas, são centralizadas em uma única plataforma.

Dessa forma, o setor de vendas, por exemplo, pode ter acesso rápido e eficiente às informações captadas pelo setor de TI. Isso é vantajoso, considerando que os dados gerados não costumam ser de interesse de um único segmento, e as estratégias devem ser desenvolvidas de forma conjunta.

Quais são as vantagens de um sistema integrado de varejo?

Como já deu para perceber, investir em um sistema integrado de varejo oferece inúmeros benefícios. Isso porque as informações passam a ser compartilhadas entre os setores. Acompanhe de forma mais detalhada, a seguir, as principais vantagens dessa integração.

Aumento da produtividade da equipe

A separação das informações por departamentos, chamado silos departamentais, dificulta o fluxo de comunicação entre eles. Assim, a equipe precisaria de um maior investimento de tempo e energia para interagir com os membros, coletar e analisar os dados desenvolvidos.

Nesse sentido, o sistema integrado de varejo é benéfico ao elevar a produtividade da equipe com a integração de sistemas. Afinal, gargalos de comunicação são reduzidos, e os times podem focar em funções mais estratégicas.

É importante considerar também que essa vantagem evita o retrabalho, comum de ocorrer pela escassez de dados de diversos departamentos. Mas vale ressaltar que não há problema algum em uma empresa contar com equipes especializadas que tenham acesso a informações específicas, se necessário. Contudo, é preciso ter cuidado para que esse acesso restrito não cause um silo departamental, em que as informações compartilhadas são desconectadas.

Redução de custos

Outra vantagem de um sistema integrado de varejo é a redução de custos. Afinal, a produtividade da equipe é elevada, e o índice de falhas e de retrabalho é reduzido. Logo, mais tempo fica disponível para focar em outras demandas estratégicas, como o planejamento e a avaliação dos processos. Ou seja, a sua empresa pode contar com uma equipe mais eficiente e capaz de otimizar processos.

Diferencial competitivo

Ao investir nessa ferramenta, o seu negócio ganha vantagem competitiva no mercado. Afinal, a equipe interna tende a ter mais motivação para trabalhar, por sentir a otimização e o aumento na própria produtividade.

Tudo isso resulta em um potencial competitivo ampliado em meio ao mercado, além da oportunidade de destacar o uso da tecnologia na imagem da marca. Desse modo, fica nítido o quanto ela é útil para melhorar a qualidade dos processos, e o seu varejo ganha autoridade no mercado.

Como fazer a integração de sistemas no varejo?

Você já entendeu quão vantajoso é ter um sistema integrado de varejo. Agora, deve estar se perguntando como fazer isso na prática. Então, confira a seguir os passos necessários para essa integração!

Defina os objetivos do varejo

Antes de fazer a integração, é preciso definir um objetivo, que vai funcionar como um norte. A partir disso, você deve avaliar como a integração de sistemas pode contribuir para alcançá-lo. Se o desempenho não ocorrer como pretendido, é preciso ajustar a estratégia. Se o resultado for positivo, isso serve de motivação para a equipe e pode transformar sua empresa em um case de sucesso.

Escolha o tipo de integração

A escolha do tipo de integração de sistemas que deve ser executado na sua empresa depende muito das metas definidas: deve estar alinhada com elas. Os três tipos que você deve ter em mente são:

  1. banco a banco: um software possibilita o compartilhamento de um mesmo banco de dados entre sistemas diferentes;
  2. trocas e compartilhamentos de dados eletrônicos: o software utilizado deve traduzir mensagens de uma ferramenta integrada e repassar para outra;
  3. API: o API (interface de programação de aplicações) possibilita que informações sejam passadas em tempo real de um software para outro.

Prepare os dados da empresa

Conforme mencionado, os dados gerados pela empresa servem como fonte para insights e oportunidades. Logo, eles precisam ser analisados para que estratégias de melhoria da marca sejam desenvolvidas.

Treinamento dos colaboradores para a transição

A integração dos sistemas no varejo exige mudanças na rotina dos colaboradores. Logo, é importante que eles estejam cientes de tudo e se preparem para a transição. Isso inclui deixar claro como ocorrerá a mudança, quais os benefícios para os colaboradores e como eles devem proceder.

Como o Big Data e o Machine Learning ajudam nesse processo?

O Big Data é um mecanismo que coleta, armazena e analisa dados de diferentes fontes, além de fazer o cruzamento entre eles. Assim, ele é de extrema utilidade na integração de sistemas, fornecendo insights e outros benefícios ao cruzar dados de diferentes setores do varejo.

O Machine Learning (ou aprendizado de máquina), por sua vez, é a metodologia em que os computadores reconhecem padrões e aprendem a partir deles. Dessa forma, eles podem fazer ajustes e outras operações de forma autônoma, com base em dados analisados.

Ter um sistema integrado de varejo, como você pôde perceber, pode trazer vários benefícios para o seu comércio, como redução de custos, aumento da produtividade, vantagem competitiva etc. Para isso, é preciso aplicar a integração de forma adequada, com o apoio de plataformas de renome, como o SDP Retail da Semantix.

Por meio da nossa tecnologia é possível a ingestão de dados advindos de qualquer tipo de fonte, a centralização em um único lugar, a automação de processos do negócio e a obtenção de insights que aceleram as vendas por meio de um dashboard ágil e omnichanel

Aproveite e aprendea mais sobre o SDP Retail!

Compartilhar esse conteúdo: